Prometo te tratar com amor.

Gente eu não estava em Marte.

tumblr_ntc6jxuszh1tw9y8yo1_540

Parei, respirei, pensei e vi muita coisa nesse tempo. As palavras continuaram me acompanhando mas eu quis guardá-las um pouco aqui dentro antes de soltá-las. Mas vocês sabem que palavras não podem ficar muito tempo presas, é igual no relacionamento entre humanos. Se a gente gosta, cuida e deseja que o outro cresça, mas ela (e) é livre.

Então eu voltei com as coisas que vi e li, e com uma bagagem um pouco maior de palavras. E de ações também, que importam muito. Ações que me ajudam todos os dias a tentar ser melhor e me conhecer melhor.

200_s

Aprendi que independente do que os outros veem em você, o mais importante é que você seja cuidadosa (o) com o que você vê em você mesmo. Você precisar cuidar de si como cuida do espaço em que vive, com esmero e amor. Cuidar pra que toda a estrutura que te sustenta por tanto tempo e que passará o resto da vida com você seja acolhedor e amável. Não deixe que outro venha e dite como você deve arrumá-lo. Faço do seu corpo seu melhor amigo e não o trate com palavras feias e sentimentos de ódio e rancor. Ele nunca fez mais nada do que te dar suporte, calor e vida!

Sejam quais forem as suas características, ame-as antes de apontar os detalhes que não te agradam. Isso te ajuda a entender que nada é padrão, que nada é perfeito e que não existe regra para se parecer. Isso vai te ajudar a decidir o que é melhor para o seu corpo, mente e saúde. Isso te ensina a olhar para o outro de forma diferente também, e aceita-lo como ele é. Você entende que não existem defeitos, e sim detalhes.

Marcas contam histórias, cores e formatos são feitos para serem descobertos e decifrados. Tudo mostra um caminho percorrido, por você, por seus ancestrais, pela humanidade. E isso não é lindo?

tumblr_ml3kalwb5h1snlyh0o1_500

Por favor, quando estiver muito insuportável se olhar no espelho, olhe um pouco pra fora. Pra fora de si, da sua mente, da janela. Veja quantos padrões são quebrados só de olhar para a calçada do lado, para as pessoas na padaria, no trabalho, no banco. Não somos feitos em fábricas, com qualidade ISO 9001. Você não é um produto, você foi feito sob medida para viver seus sonhos, para enfrentar seus medos e conquistar amores.

14463138_1744454072446124_3363287509393027170_n

“Olá, corpo. Você está maravilhoso hoje, e eu prometo te tratar com amor.” – Frances Cannon

Ah,  foi tão bom soltar essas palavras! Tenho orgulho delas agora tão prontas e ao mesmo tempo com tanto caminho para percorrer. Elas vão e eu vou continuar por aqui com as palavras novas que vão chegar.

 

Paz.

Anúncios

Questões vitais… ou não.

Tenho passado por um período de questionamentos.

Não tem sido fácil, mas ninguém disse que se conhecer e se reconhecer era fácil. Algumas lágrimas são necessárias, apertos no coração são inevitáveis. Mas a recompensa é muito amor, muito sorriso no rosto e orgulho gigante dessa pessoa que está renascendo.

Mas se eu pudesse me dar algumas dicas a 10 anos antes, com certeza eu diria: Carol, você é especial e sempre será. Não deixe que te façam acreditar o contrário. Também não se esforce tanto para se encaixar, não esconda sentimentos que são importantes para você. Se expressar não te faz parecer idiota, mas apenas humana.

Ah, e claro, padrões existem para aqueles que precisam de cartilha para viver. Você não precisa, só precisa acreditar em si mesma, ouvir mais seu corpo.

Leia, leia muito. Aprenda a ser crítica do que lê, em um futuro bem próximo os meios jornalísticos não serão muito confiáveis.

E falando em questões e muito drama, quero muito que vocês tenham contato com essa poesia cantada pelo 5 a Seco com Lenine. Amo demais esse caras. Prestem atenção na letra, como ela diz mais do que as palavras em si, como ela representa o caos da nossa atualidade e a pouca importância que estamos dando a tudo isso. É uma questão (olha a danadinha da questão ai de novo rsrs) de rever prioridades:

Olhe bem
Veja o degelo das calotas do desdém
Que abriu pandora e agora
Pode ser por mal ou ser por bem
Planos pra depois do vendaval

Yes we can
Suave na nave sem vacilo e sem vintém
E não tem trave embora
Agora o trem da história já partiu
Ache a sua própria condução

Pois agulha nunca vai faltar
Para injetar mais caos no caos
Ou não

Olhe só
O nano desespero de voltar ao pó
E a macroeconomia cheia de indecências cambiais
Para engrandecer os campeões

Onde estou
Arroba deus que me dê forças ponto com
E até os fodidos da cabeça sabem recitar de cor
Que de muito antes vem o nó

Mas enquanto o ocidente cai
Ficam para nós questões vitais tais

Será que vai chover agora?
Deitar ou dar um rolê lá fora?
Trepar ou ver TV de peignoir?

Pra já ou no cartão sem juros?
Com mel, gelo e limão ou puro?
Comprar um novo apê ou um all star?

Paz.

Rowdy, que orgulho!

Ronda Rousey.

Ronda Rousey

Eu estou com uma vontade enorme de abraçar essa mulher, e talvez uma lágrima caisse do meu rosto se isso realmente acontecesse.

Não sou fã de UFC, na verdade não entendo muito desse esporte além de que tem soco e chute pra caralho de montão. Então amantes do esporte, perdoem qualquer leviandade que eu disser. Até porque não estou aqui para falar do esporte, e sim dessa mulher espetacular, que já é exemplo para mim.

Ele deu o que falar e apareceu em todas as mídias depois que em apenas 34 segundos, ela nocauteou a brasileira Bethe Correia, ganhando a disputa do UFC 190 que aconteceu no HSBC Arena, no Rio de Janeiro na madrugada do dia 02/08. E claro, como desinformada do jeito que eu sou sobre esse assunto, foi a primeira vez que ouvi falar da lutadora.

Duas impressões. Primeiro, sobre a luta: Bethe Correia, bem feito! Ninguém mandou ofender a Rowdy com um fato tão delicado. Eu explico pra quem ainda não sabe. Bethe Barraqueira fez um infeliz comentário antes da luta dizendo que esperava que Ronda não voltasse a usar drogas ou cometesse suicídio após a sua teórica vitória. Muita gente sabe que o pai de Ronda cometeu suicídio quando Ronda tinha 08 anos de idade. Então, me diz, por que ser tão desagradável assim? Tinha mais é que apanhar mesmo. Eu mesma senti vontade de ir lá e dar uns tapas nessa Beth Azeda.

Segundo, sobre os culhões dessa mulher. Além de ser forte e boa no que faz, ela se mostra ser super inteligente e ciente de sua capacidade. É sensual, bonita e sabe que sua felicidade e sucesso só depende dela. Uma de suas frases que eu mais gosto é: “Eu sou minha própria super-heroína e não estou nem aí para o tal príncipe encantado“. E além de toda essa autossuficiência, ela ainda atua bem demais. Ela já participou de dois dos mais empolgantes filmes que assisti esse ano: Velozes e Furiosos 7 e Mercenários 3, e está disputando uma vaga para o papel de Capitã Marvel com Emily Blunt para o próximo filme da Marvel. Essa gosta de disputas! Não queira cruzar o caminho dela rsrs

Segue alguns dados dessa fera pra te deixar mais boquiaberto ainda, informações do site do UFC:

  • Profissional desde 2011;
  • 7 de suas 9 vitórias profissionais acabaram no primeiro round via armlock;
  • As 3 vitórias amadoras acabaram em menos de um minuto via armlock;
  • Foi capa da conceituada revista ESPN’s Body Issue e foi ilustrada na Sports Illustrated e Esquire;
  • Finalizou 8 de 9 vitórias via armbar;
  • 8 vitórias por finalização, 1 por nocaute;
  • A mãe, Ann Maria DeMars, foi a primeira americana a vencer um Mundial de Judô.

*Para qualquer palavra que não tenha entendido porque eu não entendi quase nada, veja esse link.

E se você não viu a empolgante luta de Rowdy com a Beth Que Gosta de Causar, dá uma espiada e vibra comigo:

Apesar de tudo, Paz.