Prometo te tratar com amor.

Gente eu não estava em Marte.

tumblr_ntc6jxuszh1tw9y8yo1_540

Parei, respirei, pensei e vi muita coisa nesse tempo. As palavras continuaram me acompanhando mas eu quis guardá-las um pouco aqui dentro antes de soltá-las. Mas vocês sabem que palavras não podem ficar muito tempo presas, é igual no relacionamento entre humanos. Se a gente gosta, cuida e deseja que o outro cresça, mas ela (e) é livre.

Então eu voltei com as coisas que vi e li, e com uma bagagem um pouco maior de palavras. E de ações também, que importam muito. Ações que me ajudam todos os dias a tentar ser melhor e me conhecer melhor.

200_s

Aprendi que independente do que os outros veem em você, o mais importante é que você seja cuidadosa (o) com o que você vê em você mesmo. Você precisar cuidar de si como cuida do espaço em que vive, com esmero e amor. Cuidar pra que toda a estrutura que te sustenta por tanto tempo e que passará o resto da vida com você seja acolhedor e amável. Não deixe que outro venha e dite como você deve arrumá-lo. Faço do seu corpo seu melhor amigo e não o trate com palavras feias e sentimentos de ódio e rancor. Ele nunca fez mais nada do que te dar suporte, calor e vida!

Sejam quais forem as suas características, ame-as antes de apontar os detalhes que não te agradam. Isso te ajuda a entender que nada é padrão, que nada é perfeito e que não existe regra para se parecer. Isso vai te ajudar a decidir o que é melhor para o seu corpo, mente e saúde. Isso te ensina a olhar para o outro de forma diferente também, e aceita-lo como ele é. Você entende que não existem defeitos, e sim detalhes.

Marcas contam histórias, cores e formatos são feitos para serem descobertos e decifrados. Tudo mostra um caminho percorrido, por você, por seus ancestrais, pela humanidade. E isso não é lindo?

tumblr_ml3kalwb5h1snlyh0o1_500

Por favor, quando estiver muito insuportável se olhar no espelho, olhe um pouco pra fora. Pra fora de si, da sua mente, da janela. Veja quantos padrões são quebrados só de olhar para a calçada do lado, para as pessoas na padaria, no trabalho, no banco. Não somos feitos em fábricas, com qualidade ISO 9001. Você não é um produto, você foi feito sob medida para viver seus sonhos, para enfrentar seus medos e conquistar amores.

14463138_1744454072446124_3363287509393027170_n

“Olá, corpo. Você está maravilhoso hoje, e eu prometo te tratar com amor.” – Frances Cannon

Ah,  foi tão bom soltar essas palavras! Tenho orgulho delas agora tão prontas e ao mesmo tempo com tanto caminho para percorrer. Elas vão e eu vou continuar por aqui com as palavras novas que vão chegar.

 

Paz.

Anúncios

Impressões de Leitura: NÃO SOU UMA DESSAS

Lena Dunham, você entrou para minha lista de divas.

Lena Dunham

Comentei que ia escrever sobre os livros que estou consumindo e o último que acabei de ler foi o Não Sou Uma Dessas da editora Intrínseca. Já aviso de antemão que desde o ensino médio nunca mais fiz resenhas na minha vida  (e isso já faz um bocado de tempo). Então não me julguem!

Agora que minha biblioteca está oficialmente aberta vamos as minhas impressões do livro: AMEI!! Na escala Ritcher esse livro levou um 7 (para você não ter que jogar no Google como eu fiz – nesse nível o terremoto é de grande proporção que causa danos graves). No começo confesso que julguei ela como uma louca dos relacionamentos, mas conforme eu ia evoluindo na leitura percebi que o objetivo dela sempre foi apenas mostrar o quão normal é ser você mesmo.

Eu tive uma grande dificuldade de explicar esse livro quando eu indicava a leitura dele para outras pessoas. Era tipo: “Oi amiguinho, você tem que ler Não Sou Uma Dessas, é incrivel!” e a pessoa dizia: “Ah sério, colega. Mas fala sobre o quê?”. E eu ficava tipo:

Não é muito fácil definir o que o livro te passa em algumas palavras, mas eu tentei. Primeiro, segue a Sinopse para me ajudar:

Lena Dunham , a premiada criadora, produtora e estrela da série Girls, da HBO, apresenta uma coleção de relatos pessoais hilários, sábios e dolorosamente sinceros que a revelam como um dos jovens talentos mais originais da atualidade. Em Não Sou Uma Dessas, Lena conta a história de sua vida e faz um balanço das escolhas e experiências que a conduziram à vida adulta. Comparada a Salinger e a Woody Allen pelo New York Times como a voz de sua geração, Lena é conhecida pela polêmica que desperta e por sua forma única e excêntrica de se expressar e encarar a vida. Engajada, a autora revela suas opiniões sobre sexo, amor, solidão, carreira, dietas malucas e a luta para se impor num ambiente dominado por homens com o dobro da sua idade.

Até ai, tudo bem. Fácil. Mamão com açúcar. Só que não. Porque é muito mais do que isso, é um relato de uma mulher sobre o seu crescimento e amadurecimento da forma mais sincera e crua, tanto na questão pessoal como profissional. Sabe como é difícil fazer isso em uma sociedade ainda comandada em sua maioria por homens, e que em qualquer deslize ou escorregão você pode ser ridicularizada e diminuída apenas pelo fato de ser mulher? E não só por isso, nossa sociedade em sua maioria também é preconceituosa e moralista, o que faz os julgamentos muitas vezes serem ácidos demais. Eu mesma me peguei julgando ela em coisas tão banais, que só não consegui aceitar de primeira porque são exatamente coisas que até queria ter vivenciado mas nunca tive coragem #ficadica. Aplaudo muito a coragem dela em transmitir suas experiências mais intimas e nos ensinar, como ela mesmo diz, que toda história vale a pena ser contada.

Então, acho que qualquer um que disponibilizar um pouco do seu tempo para ler esse livro não vai se arrepender. Vai se identificar com ela em algumas partes, vai sentir vergonha alheia em outras e em muitas partes vai se sentir assim:

E, como eu acho que tem tudo a ver, deixo pra vocês a música que esta no repeat da minha playlist: Cool Kids do grupo Echosmith. Eu já tinha escutado essa música outras vezes, mas nunca parei para prestar atenção de verdade no que ela transmitia. A verdade é que temos que parar de querer parecer com os outros, e começar a querer sermos nós mesmos. Só assim conseguimos crescer, melhorar no que precisamos e mostrar o que temos de melhor. Não tenha medo do seu brilho, não tenha medo de ser diferente!

E eu só ouvi e senti de verdade essa música quando vi essa versão do Nossa Toca em parceria com o Projeto Karrossel (beijos para o Jhonatan Marques ;), fofo demais!):

Paz